Design de sistema no chip (SoC) com baixo consumo de energia e alto desempenho, compatibilidade com memória com código de correção de erros (ECC), variações de dois e quatro núcleos, GPU integrada e dedicada e controlador de I/O

Visão geral

  • Desempenho superior por watt na categoria de produtos de processadores x86 com baixo consumo de energia, segundo várias avaliações de desempenho padrão do setor1
  • Experiência excepcional de multimídia HD
  • Plataforma de computação heterogênea para o processamento paralelo
  • O SoC capacitado com ECC, que ocupa pouco espaço, define o novo padrão de plataformas com eficiência energética para o processamento de multimídia rica em conteúdo e cargas de trabalho adequadas a aplicativos incorporados.
AMD Embedded G-Series 2nd Generation SoC

Possibilidade de designs inovadores em tamanho pequeno com baixo consumo de energia

O SoC AMD Série G é uma solução que ocupa pouco espaço e consome pouca energia, o que reduz os custos gerais do sistema.

Desempenho superior por watt

A plataforma de SoC AMD Embedded Série G oferece uma experiência visual excepcional de alta definição e a possibilidade de aproveitar uma computação heterogênea e, ao mesmo tempo, manter um design com baixo consumo de energia.

Otimização do valor comercial

A plataforma de SoC AMD Embedded Série G reúne desempenho e eficiência com os recursos que você deseja, o que diminui o custo do sistema e aumenta o ROI.

  • Com compatibilidade com memória ECC e um processador de segurança de plataforma (PSP) dedicado compatível com ARM® TrustZone, as plataformas de SoC AMD Série G ajudarão na expansão para mercados anteriormente inacessíveis aos produtos x86 nestes conjuntos de energia e nesta faixa de preço.
  • Vários níveis de desempenho oferecem caminhos de upgrade para proteger os custos com o ecossistema de software e hardware.
  • O compromisso da AMD com a disponibilidade em longo prazo e o suporte (5 a 10 anos) maximiza o ROI.7

Aplicações

Embedded G Series Kiosk

A plataforma de SoC AMD Série G é totalmente adequada para os designs de baixo consumo de energia e alto desempenho em uma ampla variedade de mercados, tais como:

Notas de rodapé
  1. A classe de microprocessadores x86 de baixo consumo energético inclui: GX-420CA c/ TDP de 25 W (classificação: 19); GX-415GA c/ 15 W (25), GX-217GA c/ 15 W (17), GX-210HA c/ 9 W (20), G-T56N c/ 18 W (12), G-T52R c/ 18 W (7), G-T40N c/ 9 W (14), G-T16R c/ 4,5 W (19), Intel Atom N270 c/ 2,5 W (20), Intel Atom D525 c/ 13 W (9), Intel Atom D2700 c/ 10 W (12) e Intel Celeron G440 c/ 35 W (5). A classificação de desempenho baseia-se nas classificações médias das seguintes avaliações de desempenho: Sandra Engineering 2011 Dhrystone ALU, Sandra Engineering 2011 Whetstone iSSE3, 3DMark® 06 (1280 x 1024), PassMark Performance Test 7.0 2D Graphics Mark e EEMBC CoreMark Multi-thread. Todos os sistemas executam Windows® 7 para Sandra Engineering, 3DMark® 06 e PassMark. Todos os sistemas executam Ubuntu versão 11.10 para EEMBC CoreMark. Todas as configurações usaram DirectX 11.0. As configurações dos sistemas da APU AMD Série G usaram placas-mãe iBase MI958 com memória DDR3 de 4 GB e placa de vídeo integrada. Todos os sistemas do SoC AMD Série G usaram o quadro de design de referência “Larne” da AMD com memória DDR3 de 4 GB e placa de vídeo integrada. O Intel Atom D2700 foi testado com uma placa-mãe Jetway NC9KDL-2700, memória DDR3 de 4 GB e placa de vídeo integrada. A configuração do sistema Intel Celeron usou uma placa-mãe MSI H61M-P23 com memória DDR3 de 4 GB e placa de vídeo integrada. A configuração do sistema Intel Atom N270 usou uma placa-mãe MSI MS-9830 com configuração máxima compatível de memória DDR2 de 1 GB (segundo http://download.intel.com/design/intarch/manuals/320436.pdf), e o Intel GM945 e o Intel Atom D525 usaram uma placa-mãe MSI MS-A923 com memória DDR3 de 1 GB integrada à plataforma e placa de vídeo integrada. 2 A pontuação do AMD GX-415GA foi de 209, do AMD G-T56N foi de 98 e do Intel Atom D525 foi de 93, com base na média entre os resultados das avaliações de desempenho Sandra Engineering 2011 Dhyrstone, Sandra Engineering 2011 Whetstone e EEMBC CoreMark Multi-thread. A configuração do sistema AMD G-T56N usou uma placa-mãe iBase MI958 com memória DDR3 de 4 GB e placa de vídeo integrada. A configuração do sistema AMD GX-415GA usou o quadro de design de referência “Larne” da AMD com memória DDR3 de 4 GB e placa de vídeo integrada. A configuração do sistema Intel Atom D525 usou uma placa-mãe MSI MS-A923 com memória DDR3 de 1 GB integrada à plataforma e placa de vídeo integrada. Todos os sistemas executam Windows® 7 Ultimate para Sandra Engineering e Ubuntu versão 11.10 para EEMBC CoreMark. 3 OpenCL 1.2 atualmente compatível com os seguintes sistemas operacionais: Microsoft Windows 7, Microsoft Windows Embedded Standard 7, Microsoft Windows 8, Microsoft Windows Embedded Standard 8, Linux (drivers Catalyst). OpenGL 4.2 atualmente compatível com os seguintes sistemas operacionais: Microsoft Windows 7, Microsoft Windows Embedded Standard 7, Microsoft Windows 8, Microsoft Windows Embedded Standard 8, Linux (drivers Catalyst). Opções de suporte contínuo a serem anunciadas. 4 A pontuação do AMD GX-415GA foi de 864, do AMD G-T56N foi de 724 e do Intel Atom D525 foi de 162, com base na média entre os resultados das avaliações de desempenho 3DMark® 06 1280 x 1024 e PassMark Performance Test 7.0 2D Graphics Suite. A configuração do sistema AMD G-T56N usou uma placa-mãe iBase MI958 com memória DDR3 de 4 GB e placa de vídeo integrada. A configuração do sistema AMD GX-415GA usou o quadro de design de referência “Larne” da AMD com memória DDR3 de 4 GB e placa de vídeo integrada. A configuração do sistema Intel Atom D525 usou uma placa-mãe MSI MS-A923 com memória DDR3 de 1 GB integrada à plataforma e placa de vídeo integrada. Todos os sistemas executam Windows® 7 Ultimate com DirectX 11.0. 5 A pontuação do AMD GX-415GA foi de 369, do AMD G-T56N foi de 218 e do Intel Atom D525 foi de 116, com base na média das avaliações de referência Sandra Engineering 2011 Dhrystone ALU, Sandra Engineering 2011 Whetstone iSSE3, 3DMark® 06 (1280 x 1024), PassMark Performance Test 7.0 2D Graphics Mark e EEMBC CoreMark Multi-thread. A configuração do sistema AMD G-T56N usou uma placa-mãe iBase MI958 com memória DDR3 de 4 GB e placa de vídeo integrada. A configuração do sistema AMD GX-415GA usou o quadro de design de referência “Larne” da AMD com memória DDR3 de 4 GB e placa de vídeo integrada. A configuração do sistema Intel Atom D525 usou uma placa-mãe MSI MS-A923 com memória DDR3 de 1 GB integrada à plataforma e placa de vídeo integrada. Todos os sistemas executam Windows® 7 para Sandra Engineering, 3DMark® 06 e PassMark. Todos os sistemas executam Ubuntu versão 11.10 para EEMBC CoreMark. Todas as configurações usaram DirectX 11.0. 6 Dimensão do pacote do SoC AMD Série G FT3 BGA: 24,5 mm x 24.5 mm = SoC de 600,25 mm2; APU AMD Série G FT1 e plataforma de dois chips do hub controlador: 19 mm x 19 mm + 23 mm x 23 mm = 890 mm2; 33% de melhoria 7 suporte oferecido de 5 anos, 7 anos e 10 anos, dependendo do produto AMD. Entre em contato com um representante da AMD para obter mais informações. 8 A comparação de desempenho baseia-se na avaliação de desempenho EEMBC CoreMark v1.0. O preço do kit do GX-416RA é US$ 25, e o preço do kit do Celeron 1037U é US$ 25. O delta de desempenho de 34% foi calculado com base na pontuação de 24.699 da CoreMark para o GX-416RA e na pontuação de 18.461 da CoreMark para o Celeron 1037U. O delta de desempenho por dólar de 34% foi calculado com base na proporção de desempenho por dólar de 987,96 do GX-416RA e na proporção de desempenho por dólar de 738,44 do 1037U. O AMD Steppe Eagle GX-416RA usou um quadro de desenvolvimento AMD Larne com memória DDR3-1600 de 4 GB e HDD Hitachi de 80 GB. O Intel Celeron 1037U usou uma placa-mãe Toshiba Satellite C55-A5220 com memória DDR3-1600 de 8 GB e HDD Sandisk de 256 GB. Os dois sistemas executam Ubuntu Linux 11.1. EMB-105